Seu signo pode estar completamente errado!

Um ponto que muitas pessoas questionam a respeito da Astrologia Védica é o que diz respeito a data dos signos. Por exemplo, que na astrologia tropical o Sol entra no signo de Áries por volta do dia 20 de março, ficando neste signo até o dia 20 de abril, por exemplo.
Na verdade, essa data foi estabelecida por Claudio Ptolomeu, no século 2 depois de Cristo. Este sábio da Antiguidade colocou as bases daquilo que se chama Astrologia Tropical, que é a linha de astrologia amplamente usada no Ocidente. De acordo com o seu pensamento, a Astrologia está ligada aos signos, e não necessariamente as constelações, uma vez que a posição das constelações muda com o tempo. Sendo assim, Ptolomeu fixa o zodíaco de acordo com as datas das estações do ano no hemisfério norte. 
A Astrologia Védica tem um raciocínio próprio, onde o que importa é a influência das estrelas sobre a vida das pessoas. Sendo assim, reconhecer a posição das estrelas, o mais precisamente possível, é de suma importância para qualquer coisa que se faça na Astrologia Védica. 
Levando em consideração a precessão das estrelas, para a Astrologia Védica, as datas referentes aos signos são as seguintes: 
1 - Áries - Mesha - 20 de abril a 19 de maio
2 - Touro - Vrishaba - 20 de maio a 19 de junho
3 - Gêmeos - Mithuna - 20 de junho a 19 de julho
4 - Câncer - Kataka ou Karka - 20 de julho a 19 de agosto
5 - Leão - Simha - 20 de agosto a 19 de setembro
6 - Virgem - Kanya - 20 de setembro a 19 de outubro
7 - Libra - Tula - 20 de outubro a 19 de novembro
8 - Escorpião - Vrischik - 20 de novembro a 19 de dezembro 
9 - Sagitário - Dhanu - 20 de dezembro a 19 de janeiro
10 - Capricórnio - Makara -  20 de janeiro a 19 de fevereiro
11 - Aquário - Khumba - 20 de fevereiro a 19 de março
12 - Peixes - Meena - 20 de março a 19 de abril

Contudo, essas datas são aproximadas. Para as pessoas que nascem nos dias de transição de um signo pra outro o ideal sempre é fazer o mapa, pois diversos fatores podem alterar essas datas em até dois dias - como nos anos bissextos, por exemplo! O mais importante é ter o seu mapa astral completo, ou pelo menos as informações mais importantes que são: Seu ascendente, a posição da Lua, seu Nakshatra e a posição do Sol.